Category Archives: Organização de edições

Organização de edições

O Nosso Amargo Cancioneiro. Porto, Ed. Latitude, 1972.

– Idem. Col. Vozes Livres. Porto, Livraria Paisagem, 1973. 2ª ed., revista e aumentada. 

– Memória do Canto Livre em Portugal. Lisboa: Editorial Futura, 1975.

– De Foice Erguida (Poesia Galega de Combate). Coimbra, Edições Centelha, 1978.

Histórias Jocosas a Cavalo num Barbante:  O Humor da Literatura de Cordel (Secs. XVIII – XIX). Ilustrações de Fernando de Oliveira. Porto, Edições Nova Critica, 1980.

A história escandalosa dos conventos da Ordem de S. domingos em Portugal (1774-1776), de frei João de Mansilha. Lisboa, Ed. Vega, 1983.

Primeiros versos e cartas inéditas de António Nobre. Lisboa, Ed. Noticias, 1984.

Outros Amores, contos dispersos e esquecidos de Trindade Coelho. Lisboa, Ed. Labirinto, 1985.

Fábulas de Trindade Coelho. Porto, Editorial Labirinto, 1986.

– 2ª ed. de Da Loucura e Manias em Portugal, crónicas de Júlio César Machado. Lisboa, Labirinto, 1986.

– Cancioneiro Popular Politico, coord. por A. Tomás Pires. 3ª ed., com inéditos de Oliveira Martins e de A. Tomás Pires. Editorial Labirinto, Lisboa, 1986.

Gente do Século XIX, textos dispersos de Trindade Coelho. Lisboa, Ed. Ulmeiro, 1987.

Sátiras de Faustino Xavier de Novais. Ed. Ulmeiro, Lisboa, 1998.

– O Enjeitado e outras ficções inéditas. Organização e prefácio. João Azevedo Editor, Mirandela, 2001.

Saudades da Ilha (Evocações Poéticas da Ilha da Madeira). Com uma aguarela de José Encarnação. Colecção Pequeno Formato. Porto, Edições Asa, 2002.

– Adivinhas do Rochoso, de Flávio Gonçalves. Organização e prefácio. Ilustrações de Maurício Vieira. Ed. Câmara Municipal da Guarda, 2003.

– Organização e prefácio de Os melhores Contos Portugueses do Século XIX. São Paulo (Brasil), Landy Editora, 2003.

– Organização, prefácio e notas de Horas Românticas: Páginas Escolhidas do Romantismo Literário Português. Antologia. Álbum. Lisboa, Âncora Editora, 2004.

100 Fábulas de La Fontaine. Antologia. Álbum. Traduções de escritores dos sécs. XVIII e XIX. Ilustrações de José Emídio. Ed. Campo das Letras, Porto, 2005.

O Porto do meu tempo, crónicas de João de Araújo Correia. Co-organização com João de Araújo Correia Filho e prefácio. Fundação Engº António de Almeida, Porto, 2007.

Anúncios